Home / Bélgica / Dicas da Holanda e Bruxelas (Bélgica)

Dicas da Holanda e Bruxelas (Bélgica)

“Cá está mais uma vez a Romilda – quase nossa ‘sócia’ – contando uma de suas aventuras, desta vez por trazendo dicas da Holanda e Bruxelas na Bélgica.”

O bom da Europa para os viajantes é que é “tudo perto”.

Estando em um país pode-se facilmente viajar por outros. As opções são muitas e também as facilidades de transportes. pode-se ir de um país a outro de trem, de carro, de ônibus, de avião… E às vezes é muito barato!

Veja, por exemplo, uma lista sobre passagens aéreas baratas na Europa, através das companhia low cost:

Então, aqui vão algumas dicas de dois lugares que você pode facilmente fazer em uma única viagem, contada pela nossa querida leitora Romilda!

Dicas da Holanda e Bruxelas

Lá fui eu até Amsterdam, foi fabulosa a viagem, embora com tempo muito chuvoso, mas nem isso nos impediu de percorrermos aquela linda cidade observando os canais, as bicicletas, e até os transportes citadinos que são muitos.

Chegamos a Amsterdam no dia 2 de Abril lá pelas 20:30h, e logo nos deu uma curiosidade – após deixarmos as malas no hotel – de ir visitar o Red District. Para mim foi fabulosa esta experiência! Não tem nada de promíscuo e senti-me super segura. Aliás, toda a Amsterdam é sinônimo de segurança.

Aconselho vivamente a comprar um cartão I amsterdam City Card e que dá para 24, 48, 72 ou 96 h, de acordo com as necessidades, e temos a possibilidade de poder dar um passeio de barco no canal, descontos especiais, entrada grátis em vários museus e o uso de transportes públicos desde o momento em que se inicia a utilização.

dicas da Holanda

E digo que vale a pena o custo dele – na alta estação é mais caro – pois ele paga a si próprio. Se você somar os custos, por exemplo, de fazer uma viagem nos canais, do Museu Van Gogh (imperdível), de inúmeras vezes que usa-se o metrô de superfície, para além de se ter descontos de 25% em restaurantes, cafés e Brasseries… gastaria muito mais se pagasse tudo separado.

dicas de Amsterdam

Saindo de Amsterdam fomos até Den Haag (Haia). Recomendo vivamente o Madurodam que é uma Holanda em miniatura, em que o adulto vira gente pequena… e que se tem a oportunidade de ser ver todos os aspectos importantes e todas as cidades da Holanda.

Em Roterdam, é fabulosa a experiência na torre Euromast. Só quem lá esteve pode descrever a subida numa Cabine Espacial que gira e se vê toda a cidade, com o seu porto fabuloso, a uma altura de 200 metros – vale a pena experimentar!

Dicas de RoterdamRoterdam ao fundo

Dali fomos para Bruxelas. Bem… é muito bonita a cidade com a sua Praça Central e seus edifícios fabulosos, mas para o português (ou o brasileiro) é uma cidade caríssima, temos de nos contentar em ver e entrar nas suas igrejas, que são fabulosas e não se paga.

dicas de BruxelasO lindo prédio do Atomium

Achei lindo a estátua de Manneken-Pis, o menino nu fazendo xixi para um laguinho. Um pormenor muito importante é o Átomo que ficou da Exposição Universal de 1958 e ao lado a Mini Europe,  um bocadinho parecida com Madurodam, só com os pedacinhos dos países da Europa.

Bruxelas em relação a Amsterdam tem um inconveniente para mim… senti-me menos segura, apesar de ser a sede da Comunidade Europeia.

Foi bom!… deu para dar asas ao espírito e valeu a pena com chuva ou sem ela, com lindos jardins das mais variadas flores, embora tivéssemos visto poucas tulipas porque o tempo ainda estava muito instável e pouco quente.

Aqui contei um pouquinho da minha viagem e com minhas dicas da Holanda e Bruxelas. espero que tenham gostado.

* Texto escrito por Romilda

Leia também todas as dicas da Holanda e as dicas da Bélgica que temos aqui no blog.

* Atualizado em 03/06/17

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é obrigatório para a Europa. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e ache o mais barato e o melhor pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:

                        

Leia também:

Sobre Turista Convidado

Os "turistas convidados" são amigos que viajam e querem contar e mostrar suas aventuras, encontrando no blog Turista Profissional um espaço para isso. São autores diversos, citados no início de cada artigo.

Leia também

O que visitar na Holanda com crianças

O que visitar na Holanda com crianças

A Holanda é considerada um dos países com as crianças mais felizes do mundo, de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *