Home / EUA / The Cloisters Museum | uma construção medieval verdadeira perdida em Nova York

The Cloisters Museum | uma construção medieval verdadeira perdida em Nova York

Quem poderia imaginar que existe uma verdadeira construção medieval em plena Nova York? Mas, sim, existe: é o The Cloisters Museum.

Quando pensamos em Nova York, possivelmente associamos a cidade aos letreiros luminosos da Broodway, aos seus altíssimos edifícios e a toda agitação que envolve uma grande  metrópole.

Por isso, pode parecer fora de contexto e anacrônica descobrir que existe essa construção medieval. O The Cloisters (os claustros), é um museu inteiramente dedicado à arte da Idade Média, pertencente ao já famoso Metropolitan Museum of Art.

Quer conhecer? Nós vamos te dar todas as dicas. Depois, não deixe de ir!

The Cloisters Museum | uma construção medieval verdadeira perdida em Nova York

The Cloisters Museum Nova York

A história dele é incrível! O edifício que abriga o acervo deste museu é oriundo de cinco mosteiros medievais europeus: Sant Miquel de Cuix, Saint-Guilhem-le-Désert, Bonnefont-en-Comminges, Trie-en-Bigorre e Froville.

Acredite: todos eles foram desmontados e remontados em Nova York, em 1938, para abrigar o The Cloisters Museum e sua coleção, graças à iniciativa do magnata e mecenas John Rockefeller Jr.

Não viaje para os EUA sem um BOM seguro viagem. Faça a sua cotação aqui! Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe 5% de desconto!

Onde fica o The Cloisters Museum?

O museu fica no extremo norte/noroeste da ilha de Manhattam, no centro do Fort Tryon Park.

Sua localização é privilegiada: no alto de uma colina, cercado de verde e pelo rio Hudson, dá a impressão de estarmos numa zona quase rural. Quando a gente chega, não acredita que estamos há poucos minutos de metrôs daquele burburinho típico da Big Apple. Pra onde a gente olha, é verde, rio, árvores, gramados…

Pode parecer surpreendente, mas Nova York – uma cidade tão cosmopolita – guarda essa surpresa e proporciona uma verdadeira viagem ao passado. Infelizmente, a maioria dos turistas brasileiros ainda desconhece a sua existência.

The Cloisters Museum

O acervo do The Closters Museum

O acervo, composto por mais de 5000 obras feitas entre os séculos XII e XV, conta com alguns exemplares importantes desse período, como algumas iluminuras dos irmãos Limboutg, o Livro das Horas de Jeanne d’Evreux, as tapeçarias A caça ao Unicórnio (a grande atração deste museu), o Cálice de Antioquia.

E mais: vitrais, retábulos, armaduras, móveis, objetos decorativos, pinturas e esculturas.

Outro ‘tesouro escondido’ neste museu é o seu jardim, onde é possível encontrar mais de 250 espécies de plantas cultivadas no período medieval, para uso medicinal ou na culinária.

The Cloisters Museum New York

Então, se você quiser conhecer um lugar diferente em Nova York, o The Cloisters é uma excelente opção, pois além de conhecer um acervo riquíssimo, você poderá admirar uma construção linda (paradoxalmente mais antiga do que a própria descoberta da América), em um cenário calmo e incomum.

Informações úteis: The Cloisters Museum

  • Endereço: o museu fica na W 193rd Street com Washington Avenue, no meio do Fort Tryon Park.
  • Como chegar: o melhor modo de chegar até lá é de metrô. Pegue a linha A até a estação 190 th e, de lá, o museu estará a uma pequena distância caminhando. Se preferir, também poderá ir de ônibus, o M4 (sentido Fort Tyron), que te deixará na porta do museu.
  • Funcionamento: ele abre todos os dias da semana. De março a outubro, das 10h às 17:15h; de novembro a fevereiro, das 10h às 16:45h. Fecha no Dia de Ação de Graças, 25 de dezembro e 1º de janeiro.
  • Preço: o ingresso sugerido é de US$25 (que te dá direito a visitar o Metropolitam Museum no mesmo dia).
  • Site: http://www.metmuseum.org/visit/visit-the-cloisters/

guia de nova yorkE também não deixe de conhecer o nosso guia de Nova York, o “Roteiro de 7 dias em Nova York e arredores”, que está cheio de dicas práticas e traz a sua viagem toda planejada dia-a-dia.

SAIBA MAIS

Boa viagem!

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é obrigatório para a Europa. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e ache o mais barato e o melhor pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:

                        

Leia também:

No Banner to display

Sobre Ana Catarina Portugal

Ana Catarina Portugal é a criadora e editora-chefe do blog Turista Profissional, relatando as dicas e experiências que teve nos mais de 40 países por onde já passou. Também escreve sobre viagens para revistas especializadas, é professora de artes, filósofa formada e mestre em História da Arte.

Leia também

Storm King Art Center

Bate e volta de Nova York: Storm King Art Center, o Inhotim americano

Para quem gosta de arte contemporânea (euuuu!!!), em especial de esculturas monumentais, e ainda curte …

4 Comentários

  1. Beatriz

    Olá!

    Fui à NYC, a alguns anos atrás, a convite de amigos suíços que estavam residindo lá. Sempre muito gentis, fazíamos programas agradáveis após minhas visitas a alguns pontos turísticos da Grande Apple. Estes programas podiam ser desde uma rotina de um “novaiorquino” (supermercado, café da manhã num café em Upper East Side, onde moravam, até pegar uma prainha num domingo, entre outras coisas), até surpresas como me buscarem no aeroporto de limousine e me levarem no penúltimo dia de minha estadia a este lindo Cloister, pois sabiam surpreender amigos e parentes. E me surpreenderam mesmo! Adorei! Espero voltar lá para mostrar à minha filhota.

    Bom fim de semana!

    • Ana Catarina Portugal

      Que maravilha de viagem você teve Beatriz! O Cloister foi uma grata surpresa para mim também! Bjs

  2. Joana Biascovich

    Que coisa linda!!!
    Quero estudar idiomas e conhecer os EUA.
    Certeza que vou passar neste lugar maravilhoso que você nos apresentou.
    Beijos

  3. Katia Paviote De Carvalho

    Estive no Cloister ontem. Achei lindo e senti uma imensa paz.Bjs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *