Home / França / Onde ficar em Paris: os piores e os melhores bairros (tudo que você precisa saber)

Onde ficar em Paris: os piores e os melhores bairros (tudo que você precisa saber)

Escolher onde ficar em Paris não é tarefa fácil, pois hospedagem na cidade é um quesito caro e, na maioria das vezes, verdade seja dita, o preço cobrado não faz jus ao que é oferecido.

Conte em pagar algo entre 100 e 150 euros de diária em hotéis sem nada de especial e que sequer oferecem café da manhã – sim, isso é comum por lá!

Se você nunca esteve na cidade, quando começar a procurar onde se hospedar em Paris, pode ficar na dúvida de quais seriam os piores e melhores bairros, o que é super normal, ou, ainda, de saber onde ele de fato está localizado apenas olhando o endereço do hotel.

Relaxe! Pode parecer um bicho de sete cabeças, mas na verdade é bem fácil resolver isso com um simples truque e algumas dicas. Vamos a elas.

Onde ficar em Paris: Mandarin Oriental

Onde ficar em Paris

Para começo de conversa, é preciso entender a geografia da cidade. Paris é dividida em 20 distritos em formato de espiral, que eles chamam de arrondissements e que são numerados de 1 a 20. A lógica é a seguinte: quanto menor for o número dele, mais perto do centro ele é – e uma dica para você se localizar é que o Museu do Louvre, por exemplo, fica no arrondissements 1, ou seja, é o centro de Paris.

Dê uma olhada neste mapa abaixo para entender o formato de espiral que falei e a numeração dos arrondissements:

mapa dos bairros de paris

Uma segunda coisa que deve ser levada em conta ainda no assunto geografia é em qual lado da margem do rio Sena o hotel pretendido fica, pois na margem direita (rive droite) as coisas em geral são mais caras, visto que é, digamos, uma área mais chique; mas isso não significa que a margem esquerda (rive gauche) seja ruim, muito pelo contrário.

A partir dessas informações, vem a primeira dica que posso te dar: hospede-se num arrondissement mais baixo, especialmente se for a sua primeira viagem para Paris. Eu diria que escolher um hotel que fique entre o 1º e o 8º arrondissement (talvez pulando apenas o 2º, explico depois o motivo), pois nessas regiões você conseguirá visitar a pé a maioria das atrações turísticas de Paris.

Sabia que o seguro viagem é obrigatório na França?! Cote o seu aqui!

Como saber em qual bairro o hotel fica?

Bom, você já sabe que sabe que a cidade é dividida em 20 regiões, mas deve agora estar se perguntando como saber em qual deles o hotel pretendido está, certo?!

Existe um truque super simples para resolver esse “problema” e não escolher um lugar pensando que é outro: basta ver o número do CEP no endereço do hotel!

Todos os CEPs de Paris começam por 750 + o número do bairro, ou seja, se é 75001 é porque o hotel está localizado no 1º arrondissement, se é 75012 está no 12º e assim até o 20º. Simples, não?! Assim fica fácil saber onde ficar em Paris!

onde-se-hospedar-em-paris

Em nossa passagem mais recente pela cidade nos hospedamos no hotel Villa des Princes e o endereço dele é: 19 Rue Monsieur le Prince, 6º arr., 75006 Paris, França. Qual o bairro? Sim, o 6º (Saint Germain). Aliás, recomendo muito este hotel: moderninho, pequeno e super bem localizado, um ótimo custo x benefício.

Quais os melhores bairros de Paris para se hospedar?

Isso é super pessoal, claro! Eu gosto muito do 5º e 6º arrondissements, que compreendem o Quartier Latin e San German des Prés, mas também adoro 4º arrondissement, onde fica Les Marais… pensando bem, existem muitas regiões ótimas, é até difícil escolher e o que muitas vezes acaba ditando a escolha final do hotel é o preço.

Como eu disse lá no começo do post, a grosso modo, eu indicaria ficar hospedado entre o 1º e 8º arrondissements, mas claro que isso não é rígido, pois, por exemplo, na região da Bastilha, que está entre o 11º e 12º, também pode ser uma boa opção e eu mesma já fiquei lá mais de uma vez e gostei bastante.

Vamos então ao bairro a bairro, pra você ter uma ideia melhor:

– 1º arrondissement

Como eu já disse, é o centro geográfico de Paris. Fica na margem direita (rive droit) do rio Sena e, estando ali, você poderá visitar a pé lugares como o Louvre, Jardin des Tuileries, museu Orangerie, Place de la Concorde, a super elegante Place Vendôme, Pont des Art, Palais Royalle, as rue de Rivoli e rue Saint Honoré e até mesmo caminhar pela Avenida Champs-Élysées até o Arco do Triunfo, ainda que ele faça parte de outro bairro.

Onde ficar em Paris

– 3º Arrondissement

É aqui que fica o Marais, bairro cool e gayfriendly de Paris, cheio de boutiques, ótimos restaurantes e bares da moda, além de uma vida noturna bem animada. Entre as atrações que poderá ter na vizinhança estão o museu Picasso e o museu Carnavalet, e, se gosta de fallafels, não deixe de comer um na rue des Rosiers.

Por que pulei o 2 arrondissement? É uma região segura e até muito bem localizada, mas o seu foco é mais bussiness, não tendo tanto interesse turístico.

– 4º arrondissement

Parte do Marais fica nesta região (sim, alguns bairros de Paris se espalham por 2 distritos diferentes) e é provavelmente uma das partes mais charmosas da cidade. Aqui você poderá visitar, caminhando, o fantástico Centre Georges Pompidou, a Place des Vosges (tida com a mais bonita da Europa), o Hôtel de Ville (não se trata de um hotel, mas da prefeitura de Paris, majestosa), a Catedral de Notre-Dame, a Saint Chapelle…

pompidou-paris-dicas

o-que-fazer-em-paris

o-que-ver-em-paris

– 5º Arrondissement

Região que está na margem esquerda (rive gauche) do Sena e onde fica o Quartier Latin, bairro estudantil, cheio de livrarias fantásticas e onde está localizada a Sorbonne. Para visitar você tem o Panteão, o museu Cluny, Jardin des Plantes, Saint-Michel… Além disso, é um bairro super boêmio e cheio de ótimos restaurantes com preços super acessíveis.

roteiro de 7 dias em paris

– 6º arrondissement

Esta é a charmosa área de St. Germain des Prés, que já foi o ponto de encontro de intelectuais e boêmios. Ela foi toda revitalizada e tem muitos restaurantes, boutiques, galerias e alguns dos cafés mais famosos de Paris, como o Les Deux Magots, Café de Flore e Le Procope.

Como disse, ficamos hospedados aqui em nossa última viagem e amei! Passear pelo Boulevard St. Germain é imperdível, além disso, ainda tem o Jardim de Luxemburgo, as igrejas Saint Sulpice e Saint Germain des Prés, a mais antiga de Paris.

– 7º arrondissement

É aqui que fica a atração mais famosa de Paris, quiça do mundo, a Torre Eiffel. Por essa razão é fácil prever que a hospedagem neste distrito pode ser bem cara. Outros lugares legais de visitar nessa região são o museu Rodin, Les Invalides (onde está o túmulo de Napoleão), o museu D’Orsay, a Assembleia Nacional Francesa e, ainda, o museu du Quai Branly.

roteiro-em-paris

– 8º arrondissement

Para quem quer bater perna pela charmosa Champs-Elysées, eis a sua região na cidade. Aqui o que não vai faltar são lojas renomadas e elegantes, restaurantes badalados e muita gente. Para “turistar”, você terá o Arco do Triunfo (dá para subir nele) o Grand Palais, o Petit Palais, o Palácio Elysée (onde o presidente francês mora), a igreja da Madeleine, Parc Monceau e a Ponte Alexandre III.

Onde ficar em Paris: Quais os piores bairros para se hospedar?

Verdade seja dita que não existe um bairro realmente “pior”, mas… menos recomendados, digamos assim.

Por exemplo, Montmartre (18º arrondissement) é um bairro super turístico e gracinha, mas para ficar hospedado lá eu não sei se seria a melhor opção, pois ele fica distante de todas as demais atrações e nem sempre o transporte vai chegar até o seu hotel, o que te obrigará a muitas caminhadas, por vezes em ladeiras.

Por outro lado, é um bairro de vida noturna, cheio de sex shops e alguns pontos de prostituição, o que o torna um pouco vulnerável, então se você está em família, pode não ser uma boa opção, mas já se você está a fim de cair na farra toda noite…

roteiro Montmartre

Observe se o seu hotel fica perto das chamadas “Portas de Paris“, como a Porte de Clichy, Porte de la Villette, Porte de Montmartre… Elas ficam em regiões limítrofes da cidade, portanto, mais afastadas do centro e menos interessantes. E, a não ser que seja uma questão de extrema necessidade de economizar, não fique fora dos limites da cidade, não apenas pela distância, mas porque eventualmente poderá parar em lugares nada interessantes.

Resumo de onde se hospedar em Paris:

1. Se for a primeira vez na cidade, escolha um lugar entre 1º e 8º arrondissement;

2. Veja se há uma estação de metrô perto do hotel/hostel (quase com certeza sim, pois a cidade é bem servida nesse quesito);

3. Observe o cep do hotel para saber exatamente em qual arrondissement ele fica;

4. Uma vez as opções de hotéis selecionadas, leia críticas sobre eles, mas não as leve 100% a sério, pois o que é bom ou ruim para uns, pode não ser para você;

5. Se estiver indo para a cidade pela segunda ou terceira vez, ouse ficar num bairro menos turístico e mais residencial, assim poderá curtir um pouco o dia-a-dia de quem mora lá.

Abaixo seguem alguns posts com dicas de onde ficar em Paris:

roteiro de 7 dias em paris guia de viagem

E, na hora de começar a planejar o seu roteiro, confira todas as nossa dicas de Paris e conheça o nosso guia (formato e-Book) “Roteiro de 7 dias em Paris e arredores“.

Boa viagem!

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é obrigatório para a Europa. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e ache o mais barato e o melhor pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:

                        

Leia também:

Sobre Ana Catarina Portugal

Ana Catarina Portugal é a criadora e editora-chefe do blog Turista Profissional, relatando as dicas e experiências que teve nos mais de 40 países por onde já passou. Também escreve sobre viagens para revistas especializadas, é professora de artes, filósofa formada e mestre em História da Arte.

Leia também

Vila Galé Rio de Janeiro

Hotel Vila Galé Rio de Janeiro: oásis no coração da Lapa

Este fim de semana fizemos um programa diferente passando um tempo agradável na nossa cidade …

29 Comentários

  1. Mariana G.

    Oi Ana!
    Post excelente, perfeito pra mim nessa semana, já que estou louca procurando hotéis com bons preços em Paris, tarefa nada fácil :/
    Vou chegar de trem pela Gare de L’est e sair pela Gare du Nord e achei que seria uma boa ficar por ali.. já que tem várias estações de metrô e os preço são mais convidativos.. bom, no valor que eu posso pagar, fiquei em dúvida entre dois, um fica bem pertinho da Gare de L’est, é o Libertel Gare de L’est Français e o outro fica um pouco longe da Gare, mas pertinho do metrô Republique, é o Hotel Aida Marais… vi alguns outros nas proximidades e, apesar de não ligar pra quartos simplesinhos, tem alguns que são pequenos demais ou sem frigobar (acho importante qdo o café da manhã não é incluso na diária) ou hotéis muito antigos.. enfim, acho que essas são as melhores opções que eu tenho dentro do meu orçamento apertado.. o que vc acha desses lugares? Nunca fui pra Paris e não gostaria de ficar em lugar muito feio, que me dê medo de sair a noite, sabe? Se puder me ajudar, falando um pouco sobre essa região do 10º arrondissement seria ótimo 🙂
    Obrigada desde já!!

    • Ana Catarina Portugal

      Perto de estações de trem nunca costuma ser uma região muito bonita, mas é prático e mais barato. No geral, é seguro! E a região de Republique é bacana! Se o Hotel Aida Marais for mais perto de lá, tá ótimo! Boa viagem!

    • cassia paixão

      olá fiquei no hotel Ibis o bairro Bercy gostei metrô por toda parte so pegar o metrô e ir pra onde quiser não foi caro ficamos 14 dias e aproveitamos bastante um otimo café da manhã eu gostei nada a reclamar agora se queres um quarto com espaço maior ai eu não indico porq o quarto é pequeno como saiamos o dia inteiro então não fiz muita questão de quarto espaçoso eu amei viagem maravilhosa ainda deu pra da um passeio em Londres 😀

  2. Nancy

    Oi Ana, estou indo a Paris pela primeira vez e reservei o hotel De L’Arcarde no 8 arround. É uma boa opção? Outra coisa, irei no final se outubro! É muito frio essa época? Vale a pena deixar pra comprar roupas de frio lá?
    Obrigada,

    Nancy

    • Ana Catarina Portugal

      Oi Nancy, eu não conheço esse hotel, então, não posso opinar. Sobre clima, não há regra, pois cada ano é de um jeito, mas em geral não é muito frio, de modo confira em um site de clima uma semana antes de embarcar. E sim, eu acho que vale mais a pena comprar lá, se tiver tempo. Boa viagem!

  3. Roberta

    Irei ficar no Fertel etoile
    Pelo mapa eh região 16 ou 8? Será minha primeira vez
    Será q fiz boa escolha ?

    • Ana Catarina Portugal

      Não conheço o hotel, Roberta, mas veja pelo cep dele, que saberá em qual bairro fica, como ensinei no post, 😉 Boa viagem!

  4. Anderson

    Olá, fiquei no 2 arrondissement, próximo a Gare Du Nord e achei sensacional. Pra relação custo X benefício, ficar em região business é até bom pelos preços e acesso a serviços rápidos. Eu e minha esposa ficamos no Hotel Parisiana e recomendamos a quem deseja apenas pra descansar. Aproveitavamos os diversos mercadinhos próximos e comprovamos croissant, sucos, água, refrigerantes e usávamos o frigobar do hotel. Custo médio do café por dia pra 2 pessoas, 15 euros…Ficamos satisfeito e comíamos bastante. Fica a dica pra quem vai com grana curta!

    • Adriano

      Adorei tbm a região da Gare du Nord e leste(que são bem proximas).

  5. luiz

    Ana, minha primeira vez em paris! Estou quase fechando o Hotel du Vieux Saule, localizado 6 Rue De Picardie, Paris, Paris, 75003, França.
    Li qeu o bairro de Marais é ótimo e este hotel fica na esquina da rua Bretagne, que segundo li é onde se tem uma grande concentração de bares e restaurantes.
    Vc aconselha e este hote, caso não conheça a localização é legal?
    Obrigado!

    • Ana Catarina Portugal

      O hotel não conheço, mas as localização é boa sim. Boa viagem!

  6. Lis Trancoso

    Olá Ana. Você conhece o hotel Mercure Paris Place D’Italie ? Iria ficar no acropole hotel, mas ele pede pagamento no local e queremos parcelar no cartão em reais e não em euro. Ai achams esse hotem MErcure com o preço parecido e as mesmas comodidades como arcondicionado e frigobar. VC já ouviu falar?

  7. janny

    Olá Ana,

    Boa tarde, estarei viajando para Paris, em setembro, com um grupo de amigos. Estavamos pensando em alugar um apartamento. Ate olhei o airbnb. Vi inclusive, algumas opcoes com localizacao na chamada ilha de Paris. A pergunta é, se seria uma boa localizacao.

    • Ana Catarina Portugal

      Ilha de Paris é Paris, rsrsrs, ou seja é uma área imensa que não diz nada sobre a localização exata do ap. Não seria Ile de la Cité?

  8. Gerusa

    Adorei seu blog!!! Torna tudo tão facil de entender que dá gosto! !! Parabéns pelo post!!

  9. Marcus Vinicius

    Ana. Seu blog é muito completo e prático. Parabéns.

    Vou a Paris pela primeira vez e será para assistir o torneio de Tenis Rolland Garros.
    Chegarei 3 dias antes do torneio e vou embora 3 dias depois. Ao todo será 18 dias em Paris.

    Poderias me dar alguma dica de hospedagem em alguma localidade próxima ao complexo de roland garros ou próximo a locais de fácil acesso?
    O hostel que você indicou como mais barato de Paris, é um bom local para ir até a sede do torneio?

    obrigado.

    • Ana Catarina Portugal

      Oi Marcus. Nunca estive no local do torneio, então, não posso te ajudar muito, mas se você ficar num local próximo ao metrô, isso vai te facilitar muito a vida. No caso do hostel, sim, ele tem uma estação pertinho. Ou procure algo pelo 15º arr, que é o mais perto de lá. Boa viagem!

  10. André Luiz

    Olá Ana. Estou com viagem programada para o início de janeiro/18.. Andei dando uma olhada em lugares para hospedar e achei interessante esse: Novotel Suites Paris Expo Porte de Versailles 4 estrelas
    4 Boulevard Brune, 14º arrondissement, 75014 Paris, França. Alguma objeção/observação? Desde já agradeço!

    • Ana Catarina Portugal

      Não conheço o hotel, mas sendo 4 estrelas deve ser bom. Não é a região mais charmosa de Paris, mas se ele for perto de uma estação de metrô, ótimo! Boa viagem!

  11. francelisa

    Ola,sera que voce poderia me ajudar? entre ficar num ap prox ao metro Notre Dame ou um ap a uma quadra do centro Georges Pompidou, qual a melhor escolha? Primeira ida a Paris, eu e meu marido, periodo de 9 dias. Obrigada

    • Ana Catarina Portugal

      Ambas localizações são ótimas e bem próximas uma da outra, então, ao meu ver, não tem diferença. Escolha o melhor ap. Boa viagem!

  12. Roberta Afonso Santos

    Melhor post que já li. Tudo bem explicadinho do jeito que eu gosto!!! Parabéns!!! Super util pra mim.

  13. Ana, esse post é incrível.
    Estou escrevendo um post sobre organizar viagem para Paris e gostaria muito de colocar o link desse post.
    Vc se importaria? 🙂

  14. Lucilene

    Oi Ana, reservei um hotel na rua du Temple, 4eme, Marais, pertinho da prefeitura. Boa localização? Seguro?

  15. Lígia Pazetti Aires

    Ana,
    Boa tarde.

    Irei a Paris no mês que vem com o meu esposo.
    Será a nossa primeira vez na cidade.
    Já reservei um Hostel, mas ao ler alguns comentários sobre a região fiquei em dúvida, se cancelo e reservo outra hospedagem, ou se fico nele mesmo.
    Reservei o SMART PLACE HOSTEL próximo a estação Gare Du Nord.

    Você me dar alguma opinião a respeito?

    Muito obrigada e parabéns pelo site.

    • Ana Catarina Portugal

      Não conheço o hostel, mas a região não é ruim. Pode não ser a mais turística, mas é prática em termos de transporte. Boa viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *