Home / Brasil / O que fazer em Porto de Galinhas

O que fazer em Porto de Galinhas

O que fazer em Porto de Galinhas não é algo difícil de responder. Esta vila de Pernambuco cada vez mais se solidifica como um dos destinos mais visitados do Brasil. E são inúmeras as razões: praias paradisíacas, esportes, gastronomia primorosa, um charme de vila que esbanja arte…

Além de tudo, a estrutura para receber os turistas é de dar inveja aos maiores e mais conhecidos destinos. São dezenas de restaurantes, pousadas e hotéis de muita qualidade, além de muitas opções de agências e passeios.

Coisas a se fazer não faltam! Então, pra quem está pensando em ir e está perdido entre tantas opções, vamos tentar ajudar.

Neste artigo vamos apresentar os principais passeios a se fazer em Porto de Galinhas, assim como alguns outros que se pode fazer a partir de Porto de Galinhas, afinal, lá é um ponto de partida para diversos passeios, até mesmo em outros estados.

Isso porque, diferente de uma cidade como Recife, por exemplo, em que existe o problema das grandes distâncias e do trânsito, em Porto as agências podem muito mais facilmente vender os passeios separadamente aos turistas de diferentes hotéis e pousadas e passar em cada uma pegando um por um. Como as distâncias são pequenas e não tem trânsito, rapidamente podem pegar todo mundo e partir para o passeio.

Assim, os passeios são constantes e, de certa forma, baratos.

Vamos ver o que esta vila tem a nos oferecer?

O que fazer em Porto de Galinhas

Aproveitar o clima tropical e o sol em praias paradisíacas

A longa faixa de areia forma diversas praias de areias brancas e águas limpas, margeadas por extensos coqueirais. Se você ficar em um dos hotéis/resorts, provavelmente terá uma praia “pra chamar de sua”… eles ficam em sua maioria em frente à praia, é só caminhar um pouco e lá está!

Vamos ver as principais, conhecer um pouquinho de cada uma e… faça sua escolha:

Praia de Camboa

Começando lá ao norte, vindo de Recife, ao lado do Porto de Suape, fica a Praia de Camboa. É bem afastada da vila, convém ir de carro, em um passeio em grupo. Em uma região deserta temos uma praia de águas mornas e calmas onde, na maré baixa, formam-se piscinas naturais.

Praia de Muro Alto

Descendo em direção à vila temos, depois de Camboa, a praia de Muro Alto. Ela tem este nome por conta de um paredão de areia e restinga que fica em frente à areia da praia, mais abaixo. Grande parte dos resorts estão nesta praia. Além disso, em sua extensão tem um arrecife de corais que forma uma verdadeira piscina natural de 2,5 km de águas limpas, mornas e tranquilas, uma praia perfeita para colocar uma cadeira na água e ver o tempo passar tomando uma água de coco.

praia de muro alto em porto de galinhasParaíso na Praia de Muro Alto

Praia de Cupe

A próxima é a praia de Cupe. De grande extensão como a de Muro Alto, tem, porém, características distintas. É uma praia um pouco mais agitada, com ondas. Dependendo do mar, quando está mais agitado alguns surfistas costumam frequentar. Para quem gosta de uma praia de águas mais batidas, é perfeita.

Boa parte dos hotéis e resorts também estão aqui. Tem acesso mais fácil, pois é a praia logo ao norte do centro da Vila de Porto de Galinhas, para onde se pode, inclusive, ir a pé pela areia, dependendo de onde você esteja hospedado. O hotel que eu fiquei era nesta praia (Hotel Village Porto de Galinhas).

praia de cupe porto de galinhasPraia do Cupe

Praia de Porto de Galinhas

É a praia que banha o centro da vila. É a praia mais cheia, com muitos banhistas, vendedores, pescadores e jangadeiros. Tem águas calmas e também arrecifes que formam piscinas naturais na maré baixa. É nesta praia que podemos fazer o passeio de jangada pelas piscinas naturais e nadar entre os peixes.

Ela tem uma ótima infra-estrutura turística, com muitos bares, restaurantes, hotéis e pousadas em frente. Perfeita para passar um tempo com a família com crianças.

praia de porto de galinhasPraia de Porto de Galinhas

Para os cadeirantes ou com mobilidade reduzida, eles têm um ótimo projeto que facilita o acesso à praia, até a água, com rampas, uns carrinhos adaptados e esteiras até a areia. Show!

praia adaptadaProjeto leva cadeirantes à praia

Praia de Maracaípe e Pontal de Maracaípe

Logo depois, temos a praia de Maracaípe e, após, o Pontal de Maracaípe. De fácil acesso e uma infra-estrutura que inclui bares, restaurantes, pousadas, entre outros, esta praia tem águas calmas e calmas, praticamente uma piscina, às vezes com uma ‘marolinha’. Mas mais para o Pontal as águas já são mais agitadas, inclusive onde podem ocorrer campeonatos de surf. É no Pontal que ocorre o encontro das águas do rio Maracaípe com o mar. Se você fizer o passeio de jangada pelo manguezal, você vai parar no Pontal. Lá tem quiosques que oferecem comidas e bebidas.

praia de maracaípe porto de galinhasPraia de Maracaípe. Ao fundo, o Pontal de Maracaípe, onde o rio deságua.

Praia de Serrambi

A praia de Serrambi fica a 14 km do centro da vila e é bastante eclética, porque, ao mesmo tempo que tem águas claras muito procuradas por mergulhadores (onde são realizados mergulhos mais profundo, onde encontram-se embarcações naufragadas), também é propícia ao surf, pois a 100 metros existe uma grande formação de corais, onde batem ondas boas para a prática do esporte.

Praia de Toquinho

Praia de acesso um pouco difícil, por meio de uma estrada de terra a partir de Serrambi. Paraíso escondido de areias finas e ondas fortes (ao lado do oceano) ou águas calmas (ao lado do Rio Sirinhaem). Também tem uma barreira de recifes e um coqueiral.

Fazer passeio de Buggy

Um dos passeios mais concorridos do local, com o passeio de buggy você visita as principais praias da região. No carro cabem até 4 passageiros (mais o motorista, que é o dono do carro e vai junto).

Nós fizemos o seguinte itinerário: praia de Muro Alto, praia de Cupe,  praia de Maracaípe, uma pausa para o passeio de jangada no rio Maracaípe/Pontal do Maracaípe e voltamos para a praia de Maracaípe para almoçar no João Bar e Restaurante.

Não é difícil contratar, porque eles estão em toda a cidade e os próprios hotéis têm os contatos. Para ficar com o carro por 6 horas, paga-se R$ 250,00.

turista profissionalO passeio de buggy passa por quase todas as praias! 

Conhecer as Piscinas Naturais

Este provavelmente é o passeio mais famoso e o cartão postal do lugar: passear pelas piscinas naturais formadas pela faixa de recifes que se forma ao longo da praia. No caso, este passeio é feito na pria de Porto de Galinhas, aquela em frente ao centro da vila. Devido às marés, este passeio se faz bem cedo.

Ficam dezenas de jangadas pela praia, então é fácil contratar uma. Cada barco comporta 6 passageiros e o passeio – que dura uns 45 minutos – fica a R$ 20,00. Você pode estar sozinho que vai pagar a mesma coisa, só tem que esperar a jangada formar um grupo pra sair.

Veja mais detalhes aqui mesmo no blog:

piscina naturais em porto de galinhas

Fazer um passeio de jangada pelo rio Maracaípe

Outro passeio de jangada, mas agora percorrendo o rio Maracaípe, é igualmente fantástico. O rio desemboca lá no Pontal e nós vamos até perto do mar. No meio do rio o jangadeiro para em um banco de areia e nos mostra uns cavalos-marinhos, que ele mergulhou para pegar. Lá no final, a jangada atraca em uma praia de rio e podemos ir até o mar, andando pela areia.

O valor da jangada é R$ 120,00 para até 6 pessoas, ou seja, sai a R$ 20,00 para cada um com a jangada cheia. O passeio dura de 45 minutos a uma hora.

Passeio de jangada em Porto de GalinhasPasseio de jangada em Porto de Galinhas pelo rio Maracaípe

Andar pelo formoso centro da cidade

Durante o dia o centro fica um pouco vazio – afinal, está todo mundo pelas praias ou fazendo passeios por aí – e na hora do almoço até se vê um pouco mais mais movimentação, pois as pessoas estão indo e vindo para almoçar. Mas à noite fica lotado de gente passeando, visitando as lojas e apreciando as artes locais, parando para lanchar ou jantar em um das dezenas de bares e restaurantes. É um charme!

vila de porto de galinhasDetalhes bacanas do centro da vila (feira de artesanato)

Conhecer os artistas locais e suas produções

Porto de Galinhas é repleta de arte e nós tivemos duas oportunidades de estar com os artistas locais. Na primeira, visitamos o atelier do artista plástico Carcará, super famoso na vila e também conhecido por todo o Brasil. Ele que faz, por exemplo, as centenas de galinhas em troncos mortos de palmeiras que ornamentam as entradas dos restaurantes, lojas, hotéis e outros. O atelier dele é aberto a visitas e, se você tiver sorte como nós, o encontrará por lá trabalhando.

carcará porto de galinhasO artista, que nos recebeu em seu atelier, e uma de suas obras.

E também pudemos conhecer a Associação dos Artesãos Profissionais de Ipojuca (AAPI) e suas produções maravilhosas. Eles as vendem em barracas em uma feira de artesanato. Veja aqui mais informações :

artesanato de porto de galinhasArtesãos da Associação nos mostrando seus trabalhos

Visitar as sedes da ONG EcoAssociados e do Projeto Hippocampus

A Organização Não-Governamental (ONG) EcoAssociados luta pela preservação das tartarugas marinhas e outras causas, como a preservação dos Baobás e dos recifes. Com o crescimento da vila, a expansão imobiliária, o aumento fluxo de turistas e o uso constante das praias, a reprodução das tartarugas marinhas da região ficou ameaçada.

A organização, então, faz um trabalho de identificação dos ninhos, com cercas e com o  acompanhamento até a época do nascimento. Eles monitoram a ida das tartaruguinhas ao mar, garantindo, assim, que elas possam ter uma chance maior de gerar seus descendentes. Você pode até acompanhar a desova ou o nascimento das tartarugas marinhas, mas depende da época e, claro, com o acompanhamento dos técnicos da ONG.

tartaruga marinhaModelo de ninho de tartarugas com os ovos eclodindo, na sede da ONG, utilizado para a educação ambiental

O Projeto Hippocampus tem este nome devido a ser o nome científico do cavalo-marinho, muito comum na região, mas um peixe muito sensível às mudanças em seu ambiente e à poluição. A sede do projeto é um centro de biologia, cultivo e preservação do cavalo-marinho brasileiro, que desenvolve projetos ambientais com as comunidades locais e com os turistas. Como dissemos, nós pudemos observar alguns cavalos-marinhos em seu habitat durante o passeio de jangada no rio Maracaípe.

cavalo-marinhoCavalo-marinho no rio Maracaípe

Comer em ótimos restaurantes uma maravilhosa comida local

Porto de Galinhas desenvolveu uma culinária primorosa e alguns restaurantes são premiados e super concorridos. Vale a pena tanto ir em um mais simples e se fartar de uma gostosa comida nordestina, assim como vale a pena separar umas noites para conhecer alguns com receitas próprias, invenções que misturam a origem do Nordeste com toques inovadores.

o que comer em porto de galinhasPeixe na Telha gratinado, do restaurante Peixe na telha

Saiba um pouco mais desta culinária na nossa coluna na Revista Gastronomia Etc n. 4 de 2016:

E você tem Instagram? Se tem, além do nosso já tradicional agora iniciamos outro destinado às nossas viagens gastronômicas, ligado à nossa coluna de viagem. Passa lá e curte a gente!

Praticar esportes

Por fim, se você gosta de esportes radicais e esportes ligados ao mar, Porto de Galinhas “é a sua praia”. Lá é o local ideal para se praticar inúmeros esportes, como como kitesurf, surf, stand-up paddle, mergulho, bike, caiaque…

dicas de porto de galinhasVocê prefere pelo ar…

Dá uma olhada no site e no Instagram da Fernanda Paterlini, que mora lá (isso mesmo: ela mora onde todo mundo quer passar férias… rs), que você vai ter uma ideia de como aquela região é predestinada a receber esportes!

O que fazer em Porto de Galinhas... ou pelo mar?

Viu como de tédio você não morre?? Mas, acredite, ainda tem mais coisas a se fazer por lá, mas deixamos pra outro post. Acompanhe nossos relatos e dicas desta viagem aqui mesmo: dicas de Porto de Galinhas.

Boa viagem!

O blog Turista Profissional viajou a convite do Porto de Galinhas Convention & Visitors Bureau e daAzul Viagens, com apoio da Associação de Hotéis de Porto de Galinhas e assegurado pela GTA Seguros.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é obrigatório para a Europa. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e ache o mais barato e o melhor pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:

                        

Leia também:

Sobre Declev Dib-Ferreira

Declev Reynier Dib-Ferreira é fotógrafo e editor do blog Turista Profissional, acompanhando de perto todas as aventuras e histórias contadas aqui. É professor de ciências e doutor em Meio Ambiente. Mantém também o blog Diário do Professor, sobre educação.

Leia também

o que comer em porto de galinhas

O que e onde comer em Porto de Galinhas

Todo mundo sabe que a comida nordestina é uma delícia, certo? É praticamente uma unanimidade. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *