Home / EUA / 8 dicas para conhecer uma Nova York menos turística

8 dicas para conhecer uma Nova York menos turística

Quem vai pela primeira vez a Nova York não tem muito como fugir das atrações top 5, como Empire State, Estátua da Liberdade, Times Square e outras. Mas para quem está voltando pela segunda ou pela décima vez, sempre é bom “descobrir” uma Nova York mais autêntica e fora do lugar comum, não é?!

Uma das melhores maneiras de conhecer um lugar é pegar dicas com os moradores locais e foi um deles, o nova-iorquino Michael Cappiello, gerente do hotel INNSIDE New York NoMad, que nos mandou algumas dicas para conhecer um lado menos explorado da cidade, aqueles cantinhos que, em geral, só os moradores frequentam.

Siga as 8 dicas de Cappiello e conheça alguns lados de Nova York um pouco menos turísticos.

1. Explore galerias de arte particulares

Se você gosta de arte, mas não suporta museus lotados, uma boa opção de passeio fica na região da High Line e Chelsea, onde existem várias – muitas mesmo – galerias de arte particulares, mas que têm entrada gratuita. E, como sugestão, algumas das melhores são: a SLA307, a Maxwell Davidson Gallery, a Anna Zorina Gallery e a  JanKossen Contemporary Art Gallery.

o que fazer em nova york

2. Faça compras diferentes: que tal vintage?

Nova York tem uma série de mercado de pulgas, onde é possível encontrar muita coisa bacana e diferente. Entre os que são considerados melhores entre os moradores da cidade estão o Smorgasburg e o Fort Greene, no Brooklyn, ou Hell’s Kitchen Flea, em Manhattan.

3. Passeie pelo Central Park… de bicicleta!

Passear pelo Central Park é uma atividades que quase todo turista faz… mas não de bicicleta. E eu nem sei o por quê, pois há várias empresas de aluguel por lá e é uma ótima maneira de o conhecer. A dica aqui é tentar pedalar no sentido uptown, pois é a região mais tranquila e menos frequentada por turistas, o que irá proporcionar uma sensação de ser morador, 😉

dicas para conhecer nova york

4. Vivencie a autêntica Nova York

Uma atração que pode parecer batida, mas que é uma das experiências mais autêntica em Nova York, é visitar Coney Island. E, se puder ir na época da Mermaid Parede, que acontece em junho, ainda melhor! Há um metrô de Manhattan direto até lá e apesar de demorar cerca de uma hora para chegar, vale a pena!

roteiro Nova York

5. Desrfute das vistas mais bonitas de Manhattan

Quando você estiver visitando o sul de Manhattan, não deixe de cruzar a Ponte do Brooklyn até uma região chamada DUMBO, que além de estar totalmente revitalizada e cheia de restaurantes legais e parques, proporciona uma das melhores vistas da skyline da cidade.

roteiro nova york

6. Procure outros locais descolados, além do Brooklyn

O Brooklyn está super em alta agora e virou o local da moda, mas existem outros lugares legais e fora da rota que valem a pena ser conhecidos, como é o caso do MoMA PS! no Queens, que é o irmão caçula do MoMA.

Ou que tal ir até o Bronx conhecer o The Cloisters, que tem o acervo de arte medieval do MET e está instalado num verdadeiro castelo medieval?

7. E passeie por outros parque, além do Central Park

Ainda que ele seja o mais famoso da cidade, Nova York tem vários outros parques igualmente lindos e agradáveis, entre eles o Madison Square Park, que é um lugar perfeito para aproveitar uma chá gelado cercado por animados nova-iorquinos que vivem e trabalham na região – e ainda fica pertinho do INNSIDE New York NoMad!

Outros parques, por exemplo, são o Riverside Park no Upper West Side e o Prospect Park, que é o maior parque público de Nova York, localizado no Brooklyn – e isso só para citar alguns.

8. East Side ou West Side?

Embora o Upper East Side tenha ficado famoso por conta de seriados como Gossip Girl e seja conhecido por ser a área dos ricos e famosos, muito do fascínio típico de Nova York, na verdade, está do outro lado do Central Park, no Upper West Side, que é, segundo Michael Cappiello, muito mais descolado.

guia de nova york

Dicas extras

Além do que já foi coloca acima, existem 3 passeios fora dos roteiros tradicionais e que eu recomento bastante, que são: visitar o Campus da Columbia University, a Roosevelt Island (meu favorito!) e assistir a um evento esportivo, como um jogo de baseball no estádio do Yankee.

Abaixo, deixo os links dos posts onde nós contamos como foram as nossas visitas:

Yankee Stadium em Nova York

No mais, conheça o nosso guia de Nova York (que está lindo e cheio de dicas, modéstia a parte!) e confira os mais de 50 posts que temos publicados sobre a cidade aqui no blog.

guia de nova york

Boa viagem!

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é obrigatório para a Europa. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e ache o mais barato e o melhor pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:

                        

Leia também:

No Banner to display

Sobre Ana Catarina Portugal

Ana Catarina Portugal é a criadora e editora-chefe do blog Turista Profissional, relatando as dicas e experiências que teve nos mais de 40 países por onde já passou. Também escreve sobre viagens para revistas especializadas, é professora de artes, filósofa formada e mestre em História da Arte.

Leia também

Storm King Art Center

Bate e volta de Nova York: Storm King Art Center, o Inhotim americano

Para quem gosta de arte contemporânea (euuuu!!!), em especial de esculturas monumentais, e ainda curte …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *