Home / Barbados / 10 ilhas lindas que já conhecemos

10 ilhas lindas que já conhecemos

Existem milhares de ilhas lindas pelo mundo. E nós as adoramos!

Sabe por quê? Porque é sempre sui generis visitar uma ilha. Parece que, justamente pelo afastamento natural do continente, elas adquirem características super especiais.

O povo é diferente, o desenvolvimento local é diferente, as atrações são diferentes… tudo é diferente em relação ao país ao qual elas pertencem ou ao continente ao qual estão “ligadas”.

Então, mesmo que você vá a um país, se visitar uma ilha pertencente a ele, você está em outra região, com coisas novas.

Quer conhecer algumas das ilhas que já fomos? Vamos mostrar as principais. A ordem abaixo é aleatória, pois seria muito difícil fazer um ranking das “melhores”… 🙂 Afinal, todas têm o seu encanto!

10 ilhas lindas pelo mundo

1. Fernando de Noronha

Não dá pra falar em “ilhas lindas” sem lembrar dela. Uma das mais bonitas que já fomos é aqui do Brasil e é um dos destinos mais sonhados pelos brasileiros. Fernando de Noronha é uma pequena versão do paraíso.

Nós nos demos de presente de aniversário em 2003: Ana Catarina faz dia 14 de agosto e eu dia 15 de agosto; então, fomos pra lá comemorar.

A ilha, como sabemos, é maravilhosa. São praias realmente paradisíacas, passeios fantásticos e muita, muita natureza. Você vai ver, com facilidade, uma gama enorme de vida marinha, entre tartarugas, golfinhos, tubarões, centenas de espécies de peixes coloridos e muito mais. E não precisa ser expert em mergulho: apenas com uma máscara, snorkel e pé-de-pato (que você aluga lá mesmo), dá pra se divertir.

ilhas lindas: fernando de Noronha

Mas é preciso um certo planejamento pra ir pra lá. Pra começar, é um dos destinos mais caros do Brasil, tanto em matéria de passagem aérea, quanto a parte terrestre. Uma vez lá, você tem que pagar duas taxas: uma Taxa de Preservação Ambiental (TPA), de R$ 68,74 por dia, em média (vai diminuindo um pouco a diária com a quantidade de dias que se fica lá); e uma taxa única referente à entrada no Parque Nacional Marinho, válida por 10 dias, de R$ 99,00 para brasileiros e R$ 198,00 para estrangeiros.

E, embora você possa alugar um bugue e rodar pela ilha, fatalmente você terá que contratar alguns dos diversos passeios que eles fazem. Dá pra contratar lá mesmo, em qualquer pousada.

Veja aqui mesmo as nossas dicas que escrevemos sobre a ilha:

Quem estiver procurando hospedagem por lá, nós ficamos no Dolphin Hotel, tivemos o apoio da Pousada Del Mares e tivemos um jantar simplesmente fantástico na igualmente fantástica Pousada Teju-Açu.

2. Ilha de Páscoa

A ilha com a maior aura de mistério que poderíamos pisar: Ilha de Páscoa! Foi um antigo sonho realizado e, pode ter certeza, queremos voltar! É um dos lugares mais ermos e afastados de algum continente em todo o mundo.

É um passeio bem diferente, pois não se vai lá pela natureza em si – apesar de partes muito bonitas. A ilha não tem muitas praias, aliás, só tem uma praia onde se pode entrar, que nem é tão bonita. O entorno dela é praticamente de rochas.

É uma visita histórica, antropológica. Contratamos um guia local e ele nos levou a lugares incríveis e nos contou a história dos Moais, como eles eram feitos, suas tradições, suas lendas.

Pudemos ver a montanha de onde saíam as imensas pedras nas quais eles eram talhados e vimos Moais em praticamente todas as etapas do caminho, desde sua produção até as suas posições finais.

Como chegar a Ilha de Páscoa

Vimos também a boca de um vulcão e pudemos presenciar um lindo pôr-do-sol por trás de uma fileira de Moais.

Veja como foi a nossa viagem:

3. Hawaii

Esta é a ilha habitada mais longínqua do mundo. Na verdade, é um pequeno arquipélago (com 6 ilhas lindas) pertencente aos Estados Unidos desde 1959, no meio do Oceano Pacífico. Antes, era um território independente.

Nós fomos quando estávamos nos EUA – fazendo nosso curso de inglês em San Francisco da primeira vez – e aproveitamos uma excursão de chineses super barata. Sim, excursão de chineses, centenas de chineses! Mas foi muito barato!

A principal das ilhas do Hawaí é a Oahu, onde fica a capital Honolulu. Foi ali que ficamos. Nosso hotel foi o Aqua Aloha Surf Waikiki, em Waikiki Beach, talvez a praia mais conhecida de lá. O hotel é maravilhoso, uma boa pedida.

Várias coisas nos impressionaram na ilha: a natureza é exuberante, as montanhas são imensas e belíssimas – cenário da série Lost – e as árvores são também de uma grandiosidade incrível. Mesmo no meio da cidade você encontra árvores de troncos grossos e copas enormes. Lindas!

Lá, se você não estiver de excursão, o melhor é alugar um carro e rodar a ilha por conta própria. Com certeza você encontrará locais muito bonitos.

  • Veja aqui um bom local pra achar o aluguel de carro mais barato. Nós sempre utilizamos este serviço, ele tem os carros mais baratos mesmo, pode comparar:

Uma curiosidade: foi lá que nasceu o Barack Obama.

4. Barbados

Barbados é um dos países que compõem o arquipélago do Caribe – aliás, arquipélago lotado de ilhas lindas!

Quando a gente pensa em Caribe logo nos vem a mente praias de águas azuis ou verdes, areias brancas, mar calmo e de águas temperadas, certo? E é exatamente isso o que a gente encontra em Barbados!

A ilha oferece diversos hotéis e resorts que vão desde os mais simples até os super luxuosos, all inclusive, com campos de golfe e tudo o que se tem direito. Muita gente famosa, astros de Hollywood têm suas mansões em condomínios fechados em Barbados.

Nós ficamos no ótimo Waves Barbados Hotel & Spa, de sistema All Inclusive e com uma praia particular de águas calmíssimas e transparentes. E ainda oferece passeios de barco, jet sky e muito mais..

É possível fazer diversos passeios e mergulhos onde se pode ver e nadar junto, com facilidade, com tartarugas marinhas. Também não é necessário ter curso de mergulho nem ser profissional, a gente já as vê só com máscara e snorkel, que podem ser emprestados pelos próprios guias.

A ilha é muito segura e se pode andar com tranquilidade para todo canto. Além dos passeios de barco, também há outros interessantes, como o da Caverna e do Submarino.

Veja mais informações sobre como visitar a ilha:

5. Bali

Bali é, com certeza, a província / ilha mais famosa da Indonésia. É quase confundida como sendo um país. Algo como “já fui a Bali”, esquecendo-se de que, na verdade, é uma das ilhas pertencentes à Indonésia, o maior arquipélago do mundo e que tem mais que 17 mil ilhas!

Outra ilha que é um destino dos sonhos de 10 entre 10 viajantes. Lá podemos encontrar uma cultura riquíssima e um povo super hospitaleiro. As atrações são de diversas vertentes, e não só as praias que tornaram a ilha famosa.

Nós ficamos mais pro centro da ilha, em Ubud, cidade que se tornou super conhecida com o livro/filme “Comer, Amar e Rezar”, onde morou a protagonista quando esteve em Bali. O seu guru mora na cidade até hoje e é possível visitá-lo. Nós não fomos porque achamos um pouco caro… rs.

Ali você pode ver as famosas plantações de arroz, a Floresta dos Macacos, templos diversos, lojas e mais lojas de artesanato (lindo, por sinal) e, também, pode contratar excursões que vão a todo canto da ilha. É um ponto central e, por isso, talvez o melhor local pra se hospedar. Veja outras razões no post Por que se hospedar em Ubud.

Nós ficamos em um super hotel, barato e muito legal, lindo e estiloso. Foi no Sahadewa Resort & Spa.

Se quiser maiores informações, veja todas as nossas dicas da ilha:

6. Madeira

A ilha da Madeira faz parte de um arquipélago formado por 4 ilhas e pertence ao território português. Sim, Portugal é formado não apenas pela parte continental, mas também por uma parte insular, no caso, a Madeira e as ilhas dos Açores.

A Madeira é a que fica mais perto do continente. Em pouco mais de uma hora de voo é possível aterrizar no emocionante aeroporto do Funchal. Por que emocionante? Porque ele é considerado um dos mais desafiadores do mundo e apenas pilotos muito experientes voam para lá, já que a pista é curta ele fica entre as montanhas e o oceano Atlântico. Mas a chegada é linda!

ilha da madeira

Ficamos hospedados no Funchal, capital e a maior cidade da ilha, no Residencial Funchal, que é super bem localizado, já que fica bem em frente ao mercado dos Lavradores e nos permite fazer praticamente tudo a pé na cidade. 

Infelizmente ficamos apenas 2 dias inteiros (sem contar dia de chegada e partida), e ainda ficou muita coisa por fazer. Mas deu pra ter um gostinho. 

Em um dia fizemos um tour de dia inteiro para a parte oeste e norte da ilha, passando pelos principais cartões postais, como a Aldeia de Câmara de Lobos, o Cabo do Girão (a segunda maior falésia do mundo), pela simpática Ribeira Brava, passamos pelos vales da Serra D’Água, pela Vila de São Vicente e, por fim, a atração principal: Porto Moniz e suas piscinas naturais. Lindo!!!

No dia seguinte, nos dedicamos apenas ao Funchal, que tem muito o que fazer também. Para quem gosta de trilhas, a ilha é um paraíso e existem dezenas de opções e há várias agências que organizam esses passeios.

A ilha é linda e estamos doidos para voltar, para visitar as outras partes que nos faltaram.

7. Sicília

Acho que muita gente nem se lembra, quando fala da Sicília, na Itália, de que esta região do país é uma ilha. Mas, sim, ela é aquela “bola”, bem na ponta da “bota” que o formato da Itália lembra.

Nós a visitamos quando fizemos o nosso Roteiro de 10 dias pelo Sul da Itália. Nós rodamos grande parte do litoral da Itália e terminamos na Sicília, coroando a viagem. Para atravessar do continente para ilha, de carro, vai-se de balsa, que se pega em Villa San Giovani. A travessia demora uns 20 minutos.

ilhas lindas

Lá, visitamos as cidades de:

Catânia – de onde se parte para ver o Vulcão Etna, o maior da Europa e ainda em atividade;

Taormina – onde se pode ver um dos maiores e mais conservados Teatros Gregos (veja mais em Taormina, a Joia da Sicília);

Agrigento – outra cidade com forte presença grega antiga, onde se pode visitar o famoso Vale dos Templos (Valle dei Templi) e o Tempio della Concordia, um dos mais bem preservados templos gregos existentes. Ele é impressionante e super fotogênico, por isso, acabamos tirando milhares de fotos dele, em diferentes ângulos;

Siracusa – cidade onde nasceram ‘somente’ Pitágoras e Arquimedes e onde se pode ver ainda mais sítios arqueológicos antigos, como um teatro ainda maior que o de Taormina.

teatro grego

Como se pode ver, esta ilha da Itália é um imenso museu a céu aberto e, quem gosta de História, de Artes e da Grécia Antiga, não pode deixar de ir.

8. Ilhas da Grécia

Sim, aqui não é uma ilha só. Vamos considerar como um item, mas já fomos a 3 ilhas na Grécia.

Todo mundo sabe que, junto com a região antiga, com as construções que sobraram do Império, em Atenas, as ilhas são as atrações turísticas da Grécia. A partir da capital é possível pegar barcos para diversas delas, assim como contratar excursões que vão a algumas, especificamente.

Foi o que nós fizemos. Pegamos uma excursão “padrão” que vai a três ilhas: Hydra, Poros e Égina. O barco leva às ilhas, dando um tempo em cada uma. Lá, podemos caminhar e passear a vontade, tendo somente que voltar na hora especificada.

ilhas indas pelo mundo

Neste caso, apesar de muito convidativo, não é um passeio pra curtir praia ou mergulhar. É para curtir um passeio de barco e as belíssimas paisagens. No dia em que fomos o sol estava a pleno vapor e o tempo bem aberto, o que realçou ainda mais as cores: o céu estava lindo, bem azul, o mar de um azul (ou seria verde?) transparente, as casas brancas com muitas flores coloridas… enfim, tudo o que sonhamos em ver em uma ilha grega!

ilhas lindas

Você pode sair daqui do Brasil com este passeio já comprado, em real, através da TicketBar. No site tem explicações em português, você recebe o seu voucher direto na sua caixa de e-mail, depois é só imprimir e levar no dia. Acesse o site abaixo e veja a relação das cidades ao lado esquerdo. Entre em Atenas e veja a excursão:

No mais, se você quiser dicas de outras ilhas gregas também, veja os artigos de nossos colaboradores:

9. Ilhas da Tailândia

Mais uma vez, aqui vamos inserir mais de uma ilha em um item. A Tailândia tem, para além do extenso litoral, centenas de ilhas de diversos tamanhos, tanto no Golfo da Tailândia quanto o Mar de Andaman. Nós já fomos duas vezes à Tailândia e, nas duas, visitamos algumas ilhas, sempre no sistema de excursões.

Da primeira vez, estávamos baseados em Phuket –  que também é uma ilha, ligada ao continente por uma ponte curtinha. De lá, fomos, por exemplo, para a Ilha Khao Phing Kan. Esta ilha é conhecida como a James Bond Island. Ela serviu de cenário para o filme “007 contra o homem da arma de ouro“, em 1974, e tem uma formação rochosa muito característica, inesquecível.

Veja o relato da nossa viagem, com mais dicas sobre a ilha:

ilha James Bond

Outras ilhas que visitamos nesta mesma viagem foi o pequeno arquipélago de Koh Phi Phi, as Phi Phi Islands. Outro cenário de filme, desta vez do filme “A Praia”, com Leonardo DiCaprio. ,É exatamente o paraíso que temos em mente quando pensamos em ilhas ou praias da Tailândia: areias brancas, águas calmas e de um verde transparente, imensas falésias, barcos de madeira com detalhes coloridos…

phi phi islands

Veja mais detalhes e como chegar lá:

E, na viagem mais recente, tivemos como base a cidade de Krabi, de onde partem também inúmeros passeios diariamente para as ilhas da região. Lá, é só chegar, porque você encontra, nas duas ou três ruas da cidade, dezenas de agências que vendem os passeios.

Desta vez, fizemos o passeio que vai a Hong Island (Koh Hong), em uma excursão que vai antes a duas ilhas menores. Como sempre, você vai encontrar águas transparentes e areias claras, um mar calmo e paradisíaco. Pena que o tempo não ajudou muito desta vez…

hong island

Uma vez na Tailândia, não se preocupe, porque eles são muito bem estruturados turisticamente. Você encontra diversas agências que oferecem as excursões e o seu trabalho será só se divertir.

10. Ilhas Ballestas

Quase todo mundo que vai ao Peru, obviamente, quer ir a Machu Pichu, onde já fomos duas vezes. Mas também já rodamos o país quase todo, indo a muitas outras cidades e atrações. Uma delas é a cidade de Paracas, onde podemos encontrar as Ilhas Ballestas.

Estas ilhas não são pra descer e passear, mas apenas pra observar. As ilhas Ballestas são um santuário de vida marinha, um local protegido. Mas podemos chegar pertinho, em passeios de barco, e observar e fotografar os animais que habitam o local. Podemos ver várias espécies, como o famoso pelicano peruano, gaivotas, pinguins, gaviões do mar e lobos marinhos.

ilhas ballestas paracas peru

As ilhas estão a cerca de 30 minutos da costa. O passeio de barco, quando fomos, foi “agitado”. O mar estava batendo um pouco. Mas é seguro, só balança um pouco. Veja um pouco da aventura da Evelyn, contada aqui no blog:

E, no caminho, ainda paramos para ver “El Candelabro”, uma imensa e enigmática inscrição na montanha, de mais de 2.500 anos.

turista profissional

Então, essas foram as 10 ilhas lindas e maravilhosas que já fomos. Na verdade, como pôde perceber, são mais de dez, visto que em alguns lugares citados visitamos mais de uma ilha.

E olha que nem estão todas as que fomos… tem mais! Mas fica pra um próximo post.

Boa viagem!

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é obrigatório para a Europa. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e ache o mais barato e o melhor pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:

                        

Leia também:

Sobre Declev Dib-Ferreira

Declev Reynier Dib-Ferreira é fotógrafo e editor do blog Turista Profissional, acompanhando de perto todas as aventuras e histórias contadas aqui. É professor de ciências e doutor em Meio Ambiente. Mantém também o blog Diário do Professor, sobre educação.

Leia também

turista profissional

Região Sul do Brasil: tem que ir, ver e viver pra crer

Os brasileiros enchem a boca para dizer que o Brasil tem de tudo: tem praias, …

2 Comentários

  1. Laura

    Legal.

  2. Valéria

    Adorei as dicas! Vou viajar para Bali e Tailândia e sem dúvida as suas dicas irão me ajudar muito! Obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *