Home / Portugal / Alentejo / Enoturismo em Portugal: o melhor dos vinhos portugueses

Enoturismo em Portugal: o melhor dos vinhos portugueses

Os vinhos portugueses são conhecidos mundialmente por sua ótima qualidade e grande variedade.

E põe variedade nisso! São mais de 250 tipos de uvas cultivadas em vinícolas espalhadas de norte a sul do país, que é pequeno, mas grande o suficiente para tornar Portugal um dos principais destinos de enoturismo no mundo.

O enoturismo é um estilo de viagem que proporciona a imersão na cultura do vinho. Os roteiros geralmente incluem visitação de vinícolas, a degustação das bebidas e o acompanhamento do processo de produção do vinho. Pra quem gosta da bebida, é um programão!

Os passeios são também uma forma de conhecer a história do país, pois muitas das quintas onde o vinho é produzido possuem casarões com séculos de existência.

Dependendo da época em que você viajar para lá, será possível ainda experienciar festivais e celebrações típicas das colheitas, além de apreciar (e comprar, claro!) produtos artesanais como compotas, azeites e queijos.

Enoturismo em PortugalNa Quinta do Panascal, no famoso Vale do Douro

Com o crescimento do enoturismo, os roteiros e as vinícolas estão ficando mais preparadas para atender aos turistas que buscam este tipo de passeio e o conhecimento sobre os vinhos produzidos, com uma infraestrutura que nada deixa a desejar a nenhum destino.

Confira os pontos que não podem faltar se você fizer uma viagem de enoturismo em Portugal!

Produção dos vinhos portugueses

vinhos portugueses

Região norte

Podemos dividir o país em duas regiões de produção. O Vale do Douro se localiza no norte e já tem uma tradição maior de recepcionar os turistas que vêm à terrinha em busca de conhecer a rota dos vinhos de Portugal.

☛ Leia também: Roteiro de 10 dias pelo Centro-Norte de Portugal | Vale do Douro

vinhos portugueses

A região do Alto Douro Vinhateiro é onde é produzido o famoso vinho do Porto e é considerada Patrimônio Mundial da Unesco. Por lá, passeios agradáveis é o que não faltam, com seus vinhedos, castelos e vilas tranquilas que fazem parte do roteiro. Há visitas aos locais onde a bebida é produzida, conhecendo-se o processo de fabricação desde a colheita até o envelhecimento nos barris – finalizando com degustação, é claro.

☛ Leia também: Dicas do Porto para quem vai a primeira vez

vinhos portugueses

Veja aqui passeios de um dia para o Vale do Douro!

Há mais duas regiões na parte norte de Portugal: Favaios, famosa pelo vinho Moscatel, e a região do Minho, conhecida como a Rota dos Vinhos Verdes, que particularmente adoramos! 😉

Região do Alentejo

Não podemos deixar de lado o Alentejo (falamos sobre ele aqui no blog), já foi considerado o melhor local para visitação, pois lá se encontram alguns dos principais produtores de vinhos portugueses.

São mais de sete localidades, entre elas Évora, Patrimônio Mundial. As demais são Portalegre, Borba, Redondo, Reguengos, Vidigueira, Amareleja/Granja e Moura.

☛ Leia também: O que visitar no Alentejo, a maior região de Portugal

Centro

No centro de Portugal, próximo às cidades de Viseu, Coimbra e Aveiro também são encontradas caves antigas, que são os locais em que os vinhos amadurecem e que ficam no subsolo, ao abrigo da luz. O diferencial desta região é que ela acompanhou mais a tendência de modernização dos métodos de produção de vinhos, mas, ainda sim, mantém o legado histórico. Algumas delas tem até museu!

Casa de Santar, no coração da região vínica do Dão

☛ Leia também: Roteiro de 10 dias pelo Centro-Norte de Portugal – Santar, Viseu e Marialva

Arredores de Lisboa

No Vale do Tejo (rio que corta Lisboa) há várias opções de roteiros de enoturismo como Tesouro Gótico, Touros e Cavalos, Beira Tejo e Tesouro Manuelino.

O Museu do Vinho e da Vinha fica na cidade de Bucelas, onde se encontram também as regiões de Carcavelos e Colares, todas elas fazendo parte da rotas de vinhos.

Uma curiosidade desta região é que dos três locais dedicados à produção de aguardente vínica no mundo, uma se encontra na região de Lourinhã (as demais estão na França).

É ao sul que você encontra características mais históricas nos roteiros e diferentes sabores de vinhos portugueses, como o branco, o tinto, o rosé e o Moscatel de Setúbal. Castelos, museus, fortalezas e um maior contato com a natureza fazem parte da paisagem. A Rota da Península de Setúbal inclui as vilas de Palmela e Sesimbra, o Museu Agrícola da Quinta do Atalaia, Museu do Queijo de Azeitão e o palácio da Bacalhôa.

☛ Leia também: Seguro viagem é obrigatório para a Europa?

Enoturismo em Portugal

Ilhas

Portugal possui muitos locais considerados Patrimônio Mundial da UNESCO e no Açores você encontra mais um deles, a ilha do Pic, com sua paisagem magnífica de cultura da vinha.

E não poderíamos deixar de citar também o Vinho Madeira, produzido na famosa Ilha da Madeira e com destaque para os tipos (conhecidos como castas) Sercial, Boal, Verdelho e Malvasia. É interessante o modo como as vinhas são plantadas nesta região: dispostas nas encostas de pedra, se parecem com escadarias, deixando a paisagem da ilha muito mais bonita.

☛ Leia também: Roteiro de 5 dias na ilha da Madeira, Portugal

Vilas históricas, belas paisagens e um bom vinho, não tem como não gostar. Divirta-se!

Boa viagem!

guia de lisboa

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é obrigatório para a Europa. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e ache o mais barato e o melhor pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:

                        

Leia também:

Sobre Turista Profissional

Este texto foi escrito por mais de um membro da equipe do Turista Profissional, ou pela nossa estagiária Luciana Console, com supervisão e edição final de Ana Catarina Portugal e Declev Reynier.

Leia também

dicas de Dublin

The Brazen Head, o pub mais antigo da Irlanda

Não tem como visitar Dublin e deixar de ir ao The Brazen Head, o pub …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *